Central Integrada de Atendimento: 27 3062.2282
banner

Esporão Calcâneo

O esporão no calcanhar consiste em um acúmulo excessivo de cálcio , que provoca o desenvolvimento de uma pequena saliência de osso. Surge habitualmente na base do osso do calcâneo, na sola do pé, podendo também surgir na sua região posterior, próximo à inserção do tendão de Aquiles.

Se desenvolve devido a microtraumas e inflamação crônica da parte inferior do calcanhar, afetando não só o osso calcâneo, mas também os tendões e a fáscia plantar.

Os esporões frequentemente causam pouco ou nenhum sintoma, sendo que a sua simples existência pode não ser o suficiente para causar dor na grande maioria dos pacientes.

Para que haja dor, é preciso existir também a inflamação na região ao redor do calcanhar, geralmente com acometimento da fáscia plantar, que se caracteriza por uma dor pulsante na zona plantar do calcanhar, tipicamente pior durante os primeiros passos após o repouso prolongado.

Afeta principalmente as mulheres, entre 40 e 50 anos, podendo não ter uma causa específica. Alguns dos fatores que predispõe a tal patologia são a obesidade, deformidades dos pés, prática de esportes de alto impacto e uso de calçados rígidos.

Seu diagnóstico deve ser realizado através do relato dos sintomas e de um exame físico adequado. A radiografia atua somente de forma auxiliar e para evidenciar sua presença.

Medidas como uso de sapatos com saltos e amortecedores, calçados adequados a cada atividade física, controle do peso corporal e fortalecimento da musculatura da planta do pé podem ser úteis na prevenção das dores.

O tratamento visa principalmente o controle da dor através de medidas fisioterápicas, modificação de calçados e atividades diárias, além de medicações anti-inflamatórias e analgésicas.

Somente uma ínfima porcentagem dos pacientes demandará de medidas cirúrgicas, que no caso, podem não apresentar uma resposta muito satisfatória.

Compartilhe nas redes:

  • Logo Facebook
  • Logo Twitter